Última hora

Última hora

Ofensiva turca na Síria intensifica-se

Em leitura:

Ofensiva turca na Síria intensifica-se

reuters
Tamanho do texto Aa Aa

É uma nova frente de batalha na Síria. 

No terceiro dia, os confrontos entre as tropas turcas, aliados rebeldes, e curdos ganharam intensidade.

A ofensiva não foi evitada nem pelos protestos em Damasco nem pelo voto contra dos Estados Unidos da América. 

O exército turco invadiu Afrin, região do norte da Síria, em resposta ao ataque, os curdos lançaram rockets na localidade de Kilis, na Turquia. junto à fronteira dos dois países.

A turquia já estabeleceu uma raio de segurança de 30 km na zona do conflito, depois de vários misseis terem sido lançados sobre a região fronteiriça.

A operação, já batizada pela turquia como Ramo Olvieira é apoiada pelo presidente do país.

Ao contrário de Erdogan, o representante do governo autónomo do Curdistão, não aceita estes confrontos contra o enclave curdo da região de afrin.

"Consideramos que o que está a acontecer em Afrin é uma guerra contra toda a humanidade. Nesta guerra, Erdogan quer quebrar a vontade das Unidades de Proteção do Povo que lutaram contra o terrorismo do daesh", diz o represente curdo. 

Desde o início dos confrontos já morreram 54 combatentes do exército turco, 26 curdos e 19 rebeldes sírios.