EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

OLAF recomenda retirar financiamento europeu à Hungria

OLAF recomenda retirar financiamento europeu à Hungria
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Organismo Europeu de Luta Antifraude detetou "sérias irregularidades" em contratos públicos atribuídos a empresa de genro do primeiro-ministro Viktor Orbán

PUBLICIDADE

O Organismo Europeu de Luta Antifraude (OLAF) terá proposto a retirada de 43 milhões de euros em financiamento europeu à Hungria.

A informação é avançada pelo site de notícias 24.hu, que indica que a agência recomendou à Comissão Europeia sancionar Budapeste, depois das "sérias irregularidades" divulgadas na semana passada em concursos públicos ganhos pela Elios, empresa que pertenceu a István Tiborcz, genro do primeiro-ministro Viktor Orbán.

Na sequência de dois anos de investigação, a agência de combate à fraude e corrupção inspecionou 35 contratos públicos de melhoria de iluminação urbana atribuídos à Elios entre 2011 e 2015, projetos cofinanciados pela União Europeia. Para além de irregularidades, o OLAF detetou conflitos de interesses numa grande parte dos casos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Vitória de Orbán na Hungria divide Partido Popular Europeu

Boicote a Budapeste: oposição húngara diz que ninguém se quer sentar à mesa com Orbán

Calor extremo obriga Hungria a ativar alerta vermelho e coloca em risco pessoas que vivem na rua