Última hora
This content is not available in your region

Polícia russa liberta Navalny depois de curta detenção

Polícia russa liberta Navalny depois de curta detenção
Tamanho do texto Aa Aa

Foi libertado, horas depois de ter sido detido pela polícia, o líder da oposição russa Alexei Navalny. 

Navalny estava entre manifestantes, num dos protestos agendados para deste domingo, protestos contra as políticas de Vladimir Putin.

As autoridades alegam que as centenas de manifestações marcadas em todo o país, incentivadas pela oposição, não foram autorizadas, e, por tal, não podem ser feitas. Foram feitas dezenas de detenções.

Os apoiantes da oposição ao governo querem que as eleições presidenciais de 18 de Março sejam honestas e apelam a um boicote, depois de a comissão eleitoral ter recusado a candidatura de Navalny. Vladimir Putin, que concorre a um quarto mandato, é dado como vencedor, com uma larga vantagem sobre os outros candidatos. 

No Twitter, Navalny ironizou: "O meu telefone foi apreendido. Se ligarem e alguém atender, é provavelmente Putin".
A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.