Relatório da Associated Pres mostra imagens de valas comuns no Myanmar.

Relatório da Associated Pres mostra imagens de valas comuns no Myanmar.
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os vídeos gravados confirmam a existência de mais de 5 valas comuns, até aqui desconhecidas.

PUBLICIDADE

A Associated Press (AP) divulgou imagens e testemunhos de vários sobreviventes que confirmam um ataque na aldeia de Gu Dar Pyin, no Myanmar. Apesar dos desmentidos do governo do país, os vídeos feitos por telemóveis e as várias entrevistas da AP a sobreviventes, que vivem agora em campos de refugiados de Bangladeche, confirmam que aconteceu um massacre naquela aldeia, em Agosto do ano passado.

Os vídeos, gravados 13 dias depois do ataque, confirmam a existência de mais de 5 valas comuns até aqui desconhecidas

Sobre este relatório da AP, a enviada especial da ONU para os Direitos Humanos em Myanmar disse, esta quinta-feira, que embora não tenha ainda detalhes específicos sobre o que aconteceu é possível verificar “um padrão” na perseguição dos Rohingya.

Numa conferência de imprensa em Seul, Yanghee Lee sublinhou que não se pode falar de um crime contra a humanidade até que um tribunal credível prove as suspeitas.

No entanto, afirmou que tudo caminha nesse sentido. 

Partilhe esta notíciaComentários