EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Moscovo intensifica bombardeamentos no noroeste da Síria

Moscovo intensifica bombardeamentos no noroeste da Síria
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É a resposta à fação islâmica radical com ligações à Al-Qaeda que, este sábado, abateu um avião russo e o piloto na província de Idlib

PUBLICIDADE

É o resultado dos mais recentes raides aéreos russos na província Idlib, no noroeste da Síria. Moscovo intensificou os bombardeamentos depois de uma fação islâmica radical com ligações à Al- Qaeda ter abatido um avião russo e o piloto.

Os mais recentes ataques russos terão provocado dezenas de vítimas. De acordo com o Observatório Sírio para os Direitos Humanos, um hospital foi atingido durante os bombardeamentos. O Observatório com sede no Reino Unido aponta, também, o dedo ao regime de Bashar Al Assad que acusa de continuar a usar armas químicas sobre a população. Os ataques deste sábado na cidade de Saraqeb, no noroeste, provocaram a morte de pelo menos 10 civis e levaram à hospitalização de cinco pessoas com sintomas de asfixia. Fontes médicas disseram tratar-se de um "gás tóxico" mas sem identificar qual. Na semana passado, os Estados Unidos responsabilizaram o regime sírio e o autoproclamado Estado Islâmico pelo uso de armas químicas. Uma acusação rejeitada de imediato por Damasco.

Desde o início da guerra na Síria, em março de 2011, morreram mais de 350 mil pessoas, mais de 100 mil são civis.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Bombardeamentos turcos contra milícias curdos faz pelo menos 20 mortos

Ataque russo em zona controlada pelos rebeldes sírios mata dois civis

Ataque aéreo russo no noroeste da Síria faz pelo menos oito mortos