A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tribunal suspende pena do herdeiro da Samsung

reuters
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O tribunal decidiu suspender a pena de Lee Jae-youg, herdeiro e antigo administrador da Samsung.

Lee Jae-Yong foi condenado a cinco anos de prisão pelo envolvimento num caso de corrupção que levou também ao afastamento da presidente sul-coreana, Park Geun-hye.

O líder de uma das maiores marcas sul-coreanas terá efetuado pagamentos no valor de 30 milhões de dólares ao braço direito da ex-presidente do país, em troca de favorecimentos à Samsung.

Lee Jae-youg foi também acusado de desvio de fundos, ocultação de ativos no estrangeiro e perjúrio.

Estava detido desde fevereiro de 2017 e foi agora libertado.