Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Aumenta o número de vítimas devido à vaga de frio

Aumenta o número de vítimas devido à vaga de frio
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de frio siberiano que está a afetar a Europa já provocou 41 mortos. Muitas das vítimas são, acordo com o mais recente balanço, sem-abrigo.

Várias regiões do Reino Unido acordaram, esta quarta-feira, cobertas por um manto de neve que está a originar transtornos nos transportes públicos. Na última noite, as temperaturas nos arredores de Londres atingiram os 10°C negativos. O recorde foi, no entanto, batido nas regiões montanhosas da Croácia e da Bósnia com os termómetros abaixo dos 20°C.

Apanhar um comboio ou um avião está a revelar-se uma autêntica dor de cabeça para centenas de passageiros.

Aquela que já é considerada a maior vaga de frio dos últimos anos levou ao encerramento de várias escolas e Portugal não foi exceção. Alguns chama-lhe a "A Besta de Leste" outros "o Urso Siberiano" certo é que esta vaga de frio não deixou ninguém indiferente. Alguns decidiram cobrir-se dos pés à cabeça para enfrentar as baixas temperaturas, outros optaram por testar os limites.