Última hora

Última hora

Aumenta o número de vítimas devido à vaga de frio

Em leitura:

Aumenta o número de vítimas devido à vaga de frio

Aumenta o número de vítimas devido à vaga de frio
Tamanho do texto Aa Aa

A vaga de frio siberiano que está a afetar a Europa já provocou 41 mortos. Muitas das vítimas são, acordo com o mais recente balanço, sem-abrigo.

Várias regiões do Reino Unido acordaram, esta quarta-feira, cobertas por um manto de neve que está a originar transtornos nos transportes públicos. Na última noite, as temperaturas nos arredores de Londres atingiram os 10°C negativos. O recorde foi, no entanto, batido nas regiões montanhosas da Croácia e da Bósnia com os termómetros abaixo dos 20°C.

Apanhar um comboio ou um avião está a revelar-se uma autêntica dor de cabeça para centenas de passageiros.

Aquela que já é considerada a maior vaga de frio dos últimos anos levou ao encerramento de várias escolas e Portugal não foi exceção. Alguns chama-lhe a "A Besta de Leste" outros "o Urso Siberiano" certo é que esta vaga de frio não deixou ninguém indiferente. Alguns decidiram cobrir-se dos pés à cabeça para enfrentar as baixas temperaturas, outros optaram por testar os limites.