Última hora

Última hora

"Aparição" chega aos ecrãs a 22 de março

Em leitura:

"Aparição" chega aos ecrãs a 22 de março

"Aparição" chega aos ecrãs a 22 de março
Tamanho do texto Aa Aa

Vergílio Ferreira é um dos mais importantes escritores portugueses do Século XX. Este ano, no Fantasporto, teve direito a dose dupla, com a projeção de duas adaptações ao cinema: "Manhã Submersa" (1980) de Lauro António, integrado na homenagem que o festival prestou ao cineasta, e o novíssimo "Aparição" de Fernando Vendrell, apresentado em antestreia mundial e que acabaria por vencer o prémio de melhor filme português, a poucos dias da estreia comercial.

Vendrell escolheu estrear o filme no mesmo festival onde estreou, há 20 anos, a primeira longa-metragem da carreira, "Fintar o Destino". "Aparição" foi feito a pensar, sobretudo, no mercado português: "Acredito que a história é internacional, mas fiz o filme de forma urgente e a voltada para o país onde vivo e a língua que falo. Interessa-me que o filme tenha projeção internacional, mas interessa-me, para já, que tenha sucesso junto do público nacional. Já houve filmes meus que tiveram sucesso no estrangeiro, mas em Portugal tiveram apenas 600 espetadores e essa é uma situação que quero ver revertida", explica o cineasta.

Jaime Freitas, Vitória Guerra e João Cachola são os atores principais. A história leva-nos a Évora, nos anos 50. Conta um triângulo amoroso entre um professor recém-chegado, a filha de um casal de burgueses a quem dá explicações e um aluno. "Aparição" chega às salas portuguesas no dia 22 de março.

Mais sobre mundo