Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

"Aparição" chega aos ecrãs a 22 de março

"Aparição" chega aos ecrãs a 22 de março
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Vergílio Ferreira é um dos mais importantes escritores portugueses do Século XX. Este ano, no Fantasporto, teve direito a dose dupla, com a projeção de duas adaptações ao cinema: "Manhã Submersa" (1980) de Lauro António, integrado na homenagem que o festival prestou ao cineasta, e o novíssimo "Aparição" de Fernando Vendrell, apresentado em antestreia mundial e que acabaria por vencer o prémio de melhor filme português, a poucos dias da estreia comercial.

Vendrell escolheu estrear o filme no mesmo festival onde estreou, há 20 anos, a primeira longa-metragem da carreira, "Fintar o Destino". "Aparição" foi feito a pensar, sobretudo, no mercado português: "Acredito que a história é internacional, mas fiz o filme de forma urgente e a voltada para o país onde vivo e a língua que falo. Interessa-me que o filme tenha projeção internacional, mas interessa-me, para já, que tenha sucesso junto do público nacional. Já houve filmes meus que tiveram sucesso no estrangeiro, mas em Portugal tiveram apenas 600 espetadores e essa é uma situação que quero ver revertida", explica o cineasta.

Jaime Freitas, Vitória Guerra e João Cachola são os atores principais. A história leva-nos a Évora, nos anos 50. Conta um triângulo amoroso entre um professor recém-chegado, a filha de um casal de burgueses a quem dá explicações e um aluno. "Aparição" chega às salas portuguesas no dia 22 de março.