Última hora
This content is not available in your region

Le Pen mantém liderança da Frente Nacional

euronews_icons_loading
Le Pen mantém liderança da Frente Nacional
Tamanho do texto Aa Aa

Sem surpresas, Marine Le Pen foi reconduzida na liderança Frente Nacional, com o apoio de 100 por cento dos delegados ao congresso.

A formação da extrema-direita francesa muda de nome este domingo. Decisão tomada, no sábado pelo partido, em Lille, mas sem um apoio tão expressivo como seria de esperar, 52 por cento.

A líder do partido diz que o novo nome deve refletir "um movimento mais aberto e diversificado", palavras que não fazem eco nas do convidado surpresa do congresso, Steve Bannon, ex-estratega da Casa Branca.

"Deixem que vos chamem racistas, xenófobos, nacionalistas. Usem isso como um emblema de orgulho porque estamos a ganhar força a cada dia que passa e eles estão a ficar mais fracos", refere Steve Bannon, ex-estratega da Casa Branca.

Aos 49 anos Le Pen era candidata única à sua sucessão e parte para um terceiro mandato no momento em que continua o processo de afastamento do caminho trilhado pelo pai, líder da Frente Nacional até 2011.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.