Última hora

Última hora

"É claro que houve violações nestas eleições"

Em leitura:

"É claro que houve violações nestas eleições"

"É claro que houve violações nestas eleições"
@ Copyright :
Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Nem as 40 mil câmeras de vigilância postas nas mesas de voto, nem os vigilantes destinados a controlar o dia eleitoral foram suficientes para terminar com as supeitas de fraude nas eleições da Rússia.

As denúncias começaram a surgir logo ao início do dia eleitoral mas, mesmo assim, Jan Petersen, responsável pela Entidade para a Demoracia em Instituições e Direitos Humanos, admite que o dia das eleições presidenciais "correu muito bem".

"É claro que houve algumas violações. Vimos em sete cidades pessoas a encherem as urnas com boletins falsos, mas, em grande parte, podemos dizer que tecnicamente falando, o dia da votação correu muito bem.".

Já para o responsável pelo Movimento para a Defesa dos Direitos dos Eleitores, Grigory Melkonyants, estes resultados "foram conseguidos com uma campanha eleitoral não-livre, desigual e não competitiva." e que a vontade dos eleitores "não foi representada".