Última hora

Última hora

Retrospetiva de "Canaletto" no Museu de Roma

Em leitura:

Retrospetiva de "Canaletto" no Museu de Roma

Retrospetiva de "Canaletto" no Museu de Roma
Tamanho do texto Aa Aa

Duas metades de uma pintura do italiano Giovanni Antonio Canal, conhecido como "Canaletto", viajaram desde Cuba e do Reino Unido para se unirem, pela primeira vez desde a criação em 1751, numa retrospetiva do artista no Museu de Roma.

Para assinalar os 250 anos da morte do pintor, a exposição reúne mais de cinco dezenas de quadros, desenhos e outros artigos onde é particularmente evidente a paixão de "Canaletto" pela sua cidade-natal de Veneza.

A curadora Bozena Anna Kowalczyk lembra um personagem polémico, afirmando que "na opinião de agentes [de arte] ingleses e clientes ele era visto como um artista ganancioso e mesquinho, que mudava os seus preços todos os dias e com o qual era preciso ter muito cuidado, pois poderia não entregar as pinturas. Penso que era uma espécie de imagem fictícia, porque a ideia de um artista com tanta autoconfiança funciona e é atrativa. Mas Canaletto era, na realidade, um homem calmo e humilde, que amava o seu trabalho e amava Veneza".

A retrospetiva está patente no Museu de Roma até 19 de agosto.

Mais sobre mundo