Última hora

Ataque com mísseis em Homs foi um "falso alarme"

Ataque com mísseis em Homs foi um "falso alarme"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Falso alarme. A televisão estatal base militar síria desmentiu a informação que dava como certo um ataque contra a base militar de Shayrat, em Homs, esta segunda-feira.

O exército chegou a admitir que aviões israelitas estivessem por detrás do ataque.

Um porta-voz do Pentágono descartou de imediato o envolvimento de militares norte-americanos. No ano passado, os Estados Unidos dispararam cerca de meia centena de mísseis contra esta base localizada a cerca de 200 quilómetros de Damasco em resposta a um alegado um ataque químico. Um argumento que Estados Unidos, França e Reino Unido utilizaram para justificar o ataque na madrugada deste sábado contra alvos sírios.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.