Última hora

Cristiano Ronaldo terá usado paraísos fiscais para gerir negócios hoteleiros

Cristiano Ronaldo terá usado paraísos fiscais para gerir negócios hoteleiros
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Cristiano Ronaldo terá usado, de acordo com a revista alemã "Der Spiegel", uma holding no Luxemburgo e um fundo na ilha de Jersey para gerir e proteger os negócios hoteleiros que detém.

A revista teve acesso a documentos do site Football Leaks, analisados pelo consórcio de meios de comunicação social europeus European Investigative Collaborations (EIC), que sustentam as alegações.

Ainda de acordo com a publicação Jorge Mendes, o agente de Ronaldo, é alvo de uma investigação por atos cometidos em nome próprio.

O internacional português já está a ser investigado no âmbito de outro caso, por alegada fraude fiscal em Espanha. Está a poucas semanas de saber se será julgado por evasão fiscal e a revelação de novas estruturas offshore promete complicar as coisas.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.