Turquia rejeita libertar militares gregos

Turquia rejeita libertar militares gregos
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um juíz no tribunal de Adrianoupolis/Edirne rejeitou um pedido de libertação imediata apresentado pelos advogados dos dois oficiais gregos detidos na Turquia.

PUBLICIDADE

Um juiz turco no tribunal de Adrianoupolis/Edirne rejeitou um pedido de libertação imediata apresentado pelos advogados dos dois oficiais gregos detidos na Turquia.

Este é o terceiro pedido rejeitado desde 1º de março, dia em que os dois militares gregos foram presos por terem entrado em território turco. A Grécia afirma que os dois militares entraram na Turquia acidentalmente.

Ainda não há nenhuma acusação formal contra os gregos e, é claro, não há data de julgamento.

No início deste mês, o presidente turco, Recep Tayipp Erdogan, sugeriu que fosse feita a troca dos dois oficiais gregos por oito militares turcos que solicitaram, e a quem foi concedido, asilo na Grécia após o fracassado golpe na Turquia.

O Governo grego e os partidos políticos rejeitaram qualquer tipo de troca.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tribunal grego recomenda asilo para soldados turcos

O desafio da energia eólica na Grécia

Pelo menos 17 migrantes resgatados e três desaparecidos em naufrágio ao largo da Grécia