Última hora

Última hora

Crimes violentos dispararam no Reino Unido

Em leitura:

Crimes violentos dispararam no Reino Unido

Crimes violentos dispararam no Reino Unido
Tamanho do texto Aa Aa

Os números falam por si e geraram um alerta nacional: os crimes violentos no Reino Unido têm aumentado exponencialmente. As autoridades apontam para uma subida de 22% nos crimes com recurso a armas brancas e 11% com armas de fogo. No mês de fevereiro, Londres registou mais homicídios do que Nova Iorque. Este balanço inclui as vítimas de ataques terroristas na capital britânica e em Manchester.

Os atos criminosos com veículos dispararam 17% e os roubos 9%. Apesar de ser um contexto que se alastra a todo o país, a realidade de Londres é considerada particularmente preocupante.

"Nos últimos sete, oito anos perdemos mais de 3 mil polícias civis, mais de 3 mil membros do corpo administrativo e mais de 3 mil agentes de rua. Fazemos o que podemos, mas o governo tem de reconhecer que este é um problema nacional que exige respostas nacionais", afirma o presidente da Câmara de Londres, Sadiq Khan.

A responsável do governo de Theresa May pela pasta do Interior, Amber Rudd- que se tem debatido com várias controvérsias, sobretudo as relacionadas com a atribuição de cidadania - anunciou um plano estratégico contra a violência no valor de 45 milhões de euros.