Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Regime sírio denuncia "nova agressão"

Regime sírio denuncia "nova agressão"
Direitos de autor
ABODY AHFAD KHALED
Tamanho do texto Aa Aa

O regime de Bashar Al-Assad fala de uma nova agressão, Teerão de afirmações infundadas.

Em causa um suposto ataque contra bases militares no norte da Síria, este domingo. De acordo com a televisão estatal, os mísseis atingiram bases localizadas na região de Hama e de Alepo.

A informação já foi confirmada pelo Observatório Sírio de Direitos Humanos que dá conta de pelo menos 26 mortos, combatentes pró-regime de nacionalidade iraniana. Teerão diz que os argumentos utilizados por Damasco não têm fundamento e desmente a morte de iranianos em território sírio.

As informações são, ainda, escassas. Israel é apontado como o principal suspeito.

Fontes não oficiais garantem os mísseis atingiram uma base militar que funciona como um centro de recrutamento do Hezbollah que, desde o início do conflito, combate ao lado de Bashar Al-Assad. Coincidência ou não, um representante do regime iraniano deslocou-se, esta segunda-feira, a Damasco onde foi recebido pelo Presidente sírio.