Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica terá abusado de dezenas de atletas

Ex-treinador da seleção brasileira de ginástica terá abusado de dezenas de atletas
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A revelação foi agora feita pelo programa "Fantástico" da Globo, mas as autoridades desportivas e o clube onde trabalhava conheciam as acusações.

PUBLICIDADE

Petrix Barbosa, medalha de ouro nos jogos pan-americanos de 2011, é uma das alegadas vítimas a acusar Fernando de Carvalho Lopes, antigo treinador da seleção masculina de ginástica do Brasil, de abusos sexuais quando eram menores: "A pressão psicológica sobre uma criança de 10 ou 11 anos é enorme. Disse-me que fosse tomar banho e relaxar. Depois entrou na banheira e ficámos os dois na banheira, como se fôssemos duas crianças brincando", conta o atleta. 

As dezenas de denúncias estão a ser investigadas pela polícia, que para já não pode divulgar detalhes. Carvalho Lopes defende-se das acusações: "Quem me acusa é que tem de provar o que está a dizer. Tenho a minha consciência limpa, porque nunca estuprei (violei) nem molestei ninguém", disse numa entrevista telefónica ao programa "Fantástico", da TV Globo, que divulgou a história. 

O MESC, clube da região de São Paulo onde trabalhava, despediu o treinador na sequência da reportagem da Globo. Isto dois anos depois de o ter afastado do contacto com os atletas, o que prova que as acusações eram conhecidas. Tanto que a seleção brasileira o dispensou em 2016, antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Luis Rubiales apresenta demissão e Federação espanhola aceita

Antony de fora por tempo indeterminado no United

Federações regionais pedem demissão de Rubiales