A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Irão ameaça "produzir as armas necessárias"

Irão ameaça "produzir as armas necessárias"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Foi perante uma multidão na cidade de Sabzevar que o presidente do Irão, Hasan Rohani, declarou que se os Estados Unidos deixarem cair o acordo nuclear estabelecido em 2015 vão arrepender-se "muito em breve" de o fazer.

Para Rohani, não é possível negociar um novo compromisso e, nas suas palavras, se Donald Trump decidir retirar-se, o arrependimento será "histórico". Ao mesmo tempo, garantiu que o Irão pode "produzir e armazenar mísseis e armas na medida do que julgar necessário, sem que ninguém possa interferir com as decisões do povo iraniano".

Relembre-se que o presidente americano anunciou recentemente a intenção de abandonar o acordo nuclear, sendo que a decisão definitiva deverá ser apresentada até ao próximo dia 12 de maio.