Última hora

Última hora

Suspeitas de fraude nas eleições legislativas no Líbano

Em leitura:

Suspeitas de fraude nas eleições legislativas no Líbano

Suspeitas de fraude nas eleições legislativas no Líbano
Tamanho do texto Aa Aa

As suspeitas de fraude eleitoral incendeiam os protestos no Líbano depois das eleições legislativas realizadas este domingo. As equipas que monitorizaram este escrutínio falam de cerca de 7 mil violações a nível nacional.

Ainda sem resultados oficiais e definitivos apurados, as projeções aponta para que pesada queda do partido sunita do primeiro-ministro, Saad Hariri: ao que tudo indica terá perdido 1/3 dos deputados, como confirmou o próprio Hariri aos jornalistas esta segunda-feira. Já o Hezbollah reforçou a posição no parlamento.

De qualquer forma, o partido do atual primeiro-ministro continua a ser o que tem maior representação no parlamento libanês em que metade dos deputados tem de ser obrigatoriamente muçulmanos e a outra metade cristãos, ainda que dentro desses grupos existam depois outras ramificações religiosas.

E como está definido pela constituição, o primeiro-ministro tem de ser sunita, Hariri deve continuar a liderar os destinos do país.