Última hora
This content is not available in your region

O inédito pedido de desculpas de Theresa May

euronews_icons_loading
O inédito pedido de desculpas de Theresa May
Tamanho do texto Aa Aa

"Nenhum de vós devia ter sido tratado desta forma. Os atos do governo do Reino Unido contribuíram para a vossa detenção e sofrimento." São algumas das linhas que se podem ler no pedido de desculpas assinado por Theresa May para Abdel Hakim Belhaj.

Belhaj trata-se de um dissidente líbio que se encontrava foragido na Tailândia, em 2004, quando foi capturado com ajuda dos serviços secretos britânicos. Levado com a esposa de volta para a Líbia, foi então detido e torturado durante seis anos pelo regime de Khadafi.

A Câmara dos Comuns decidiu ainda atribuir uma indemnização à sua esposa, Fatima Bouchar, uma vez que Belhaj sempre recusou qualquer compensação financeira.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.