Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Testemunhas relatam ataque em Paris

Testemunhas relatam ataque em Paris
Tamanho do texto Aa Aa

Testemunhas relatam os momentos de pânico vividos durante o ataque à faca em Paris, na noite de sábado. O agressor, naturalizado francês e nascido na Chechénia, matou uma pessoa e feriu quatro antes de ser morto pela polícia. não se sabe se tinha ou não ligações ao Daesh

"Eu estava de serviço no restaurante e de repente ouvi uma mulher a gritar. Ela tentou abrigar-se no restaurante, mas infelizmente não conseguiu, ele atacou-a. Um amigo da mulher veio tentar afastar o agressor, que seguiu esse jovem para o atacar. Foi então que o pânico começou, toda a gente a gritar e a tentar refugiar-se no restaurante. O jovem voltou para levar a amiga. Entretanto o atacante continuava a caminhar tranquilamente, com a faca na mão e coberto de sangue . Vi-o entrar numa área comercial e, em seguida, as pessoas a fugir de lá com ele atrás delas", disse Jonathan.

Milan não viu o agressor: "Ouvimos alguns tiros que vinham de uma distância razoável, 100 ou 150 metros, mas não tenho certeza. Caminhei na direção dos tiros e um polícia apareceu e perguntou se havia alguma vítima e onde estava. Apontámos a pessoa e ele perguntou quem tinha disparado e disse que era da polícia e que o atacante tinha sido neutralizado."