Última hora

Última hora

Desportivo das Aves vence Taça de Portugal mas falha Liga Europa

Desportivo das Aves vence Taça de Portugal mas falha Liga Europa
Direitos de autor
ANTONIO COTRIM/LUSA
Tamanho do texto Aa Aa

O Desportivo das Aves conquistou a Taça de Portugal, batendo o Sporting por 2-1, na final que decorreu no Estádio do Jamor.

Dois golos de Alexandre Guedes, jogador formado e dispensado pelo Sporting, decidiram a Taça de Portugal 2018.

O guarda-redes Quim, de 42 anos, foi outro dos heróis desta final no Jamor, sendo apenas batido perto do fim pelo colombiano Fredy Montero, um dos poucos sportinguistas a mostrar algum inconformismo e eficácia após uma semana marcada por agressões em Alcochete e o consequente isolamento do presidente em Alvalade.

A equipa do Sporting voltou a surgir no esquema habitual dos últimos meses e, de novo, sem grande fio de jogo, reforçando a incapacidade de Jorge Jesus em alterar dinâmicas de jogo numa equipa saturada fisica e mentalmente.

O Clube Desportivo das Aves venceu com justiça, num jogo que a equipa de José Mota encarou com determinação e muito empenho a busca de um sonho tido por muitos como impossível.

O triunfo colocaria o Aves diretamente na fase de grupos da Liga Europa e obrigava o Sporting, depois de já ter perdido o acesso à Liga dos Campeões, a ter de disputar a terceira pré-eliminatória da segunda prova de clubes da UEFA.

O novo vencedor da Taça, no entanto, não se inscreveu a tempo para as competições europeias e tudo indica irá "ceder" esse acesso direto aos "leões" e o respetivo prémio de 2,6 milhões de euros.

Também o Rio Ave, quinto classificado no campeonato, deverá ser beneficiado com o acesso às pré-eliminatórias da prova.