EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Gazprom escapa a multa de Bruxelas

Gazprom escapa a multa de Bruxelas
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a Últimas notícias
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Os reguladores da UE e a Gazprom chegaram a acordo e a investigação europeia sobre as pr´áticas monopolísticas do gigante russo terminaram sem coima. Energética fez concessões a Bruxelas

PUBLICIDADE

A Comissão Europeia chegou a acordo com a gigante estatal russa do gás Gazprom e aceitou as concessões que lhe permitem escapar a uma multa que podia chegar aos 10% do volume de negócios anual.

A Gazprom era acusada de colocar entraves à livre circulação de gás num conjunto de oito países da Europa central e de leste.

Obrigações da Gazprom, segundo a comissária Margrethe Vestager.

"Todas as empresas com negócios na Europa devem respeitar as nossas regras de concorrência, independentemente de onde vêm. Mais do que isso, a nossa decisão dá um livro de regras feito à medida, sobre a conduta futura da Gazprom e obriga a empresa a dar passos positivos para uma maior integração dos mercados de gás na região e um verdadeiro mercado interno da energia na Europa", disse a comissária europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager.

A Autoridade Europeia para a Concorrência impõe agora à Gazprom uma série de regras rígidas, com o objetivo de garantir competitividade nos preços do gás. A decisão de Bruxelas arrisca-se a irritar este conjunto de oito países - Bulgária, República Checa, Estónia, Hungria. Letónia, Polónia e Eslováquia - desejosos de reduzir a dependência energética em relação à Rússia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Faltam 100 dias para os Jogos Olímpicos de Paris

Croata bate recorde mundial de mergulho em apneia no gelo

"Sugar" vence prova de surf canino em Santa Fé