EUA e Coreia do Norte continuam a tentar aproximação

EUA e Coreia do Norte continuam a tentar aproximação
Direitos de autor REUTERS/Mike Segar
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Representantes de Washington e Pyongyang encontram-se em Nova Iorque para continuar a preparar a cimeira histórica entre os líderes dos EUA e da Coreia do Norte.

PUBLICIDADE

O secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, e o alto funcionário norte-coreano, Kim Yong Chol, entraram no segundo dia de conversações em Nova Iorque, esta quinta-feira. Tentam resolver as divergências no que diz respeito à desnuclearização da Coreia do Norte e preparar terreno para uma cimeira histórica entre os seus líderes. Pompeo acredita que se está a caminhar na boa direção:

"Este é um desafio difícil. Não se enganem, ainda resta muito trabalho a fazer e fizemos progressos aqui e, ao mesmo tempo, nos outros locais onde as conversações estavam a decorrer. Tivemos todo o tempo de que precisávamos para o progresso que foi possível alcançar aqui em Nova Iorque", afirmou Pompeo.

Pompeo adiantou ainda que o braço direito de Kim Jong-un vai a Washington entregar uma carta ao presidente Donald Trump. O chefe de Estado confirma:

"Uma carta de Kim Jong Un vai ser-me entregue. Estou ansioso para ver o que diz a carta, isto é muito importante para eles. Provavelmente, virão a Washington na sexta-feira", esclareceu Trump.

Quarta-feira, havia relatos de que para as autoridades sul-coreanas havia diferenças "bastante significativas" entre Washington e Pyongyang sobre a desnuclearização.

Estes encontros, seguem-se às deslocações de Pompeo à Coreia do Norte em abril e maio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Kim Jung-Un de visita a Pequim

Processo de seleção do júri promete atrasar julgamento de Trump

Trump paga 175 milhões de dólares para evitar apreensão de bens em caso de fraude