EventsEventosPodcast
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Israel revela contra-ataque a roquetes disparados da Faixa de Gaza

Imagem de Gaza após um outro ataque israelita a alehgados alvos do Hamas
Imagem de Gaza após um outro ataque israelita a alehgados alvos do Hamas Direitos de autor REUTERS/Amir Cohen
Direitos de autor REUTERS/Amir Cohen
De  Francisco Marques com Maan News
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As IDF alegam ter destruído mais de uma dezena de equipamentos militares do Hamas

PUBLICIDADE

A força aérea israelita alega ter destruído mais de uma dezena de alvos na Faixa de Gaza, em resposta aos projéteis disparados contra território hebraico a partir do enclave palestiniano e também aos "atos de terror aprovados e realizados pela organização terrorista Hamas durante o fim de semana."

Pelas redes sociais, as Forças de Defesa de Israel (IDF, na sigla inglesa) alegam ter intercetado vários roquetes lançados da Faixa da Gaza, tendo contra-atacado pela força aérea. Um dos roquetes teria caído no enclave palestiniano.

A agência Ma'an News, que se diz baseada na Faixa de Gaza, confirmou a queda de um míssil por deflagrar numa casa situada no norte da Faixa de Gaza.

A queda do projétil não causou vítimas e a ogiva terá sido desativada pelas equipas de explosivos locais, acfescenta a agência islamita.

Entre os alvos alegadamente destruídos, as IDF garantem estar armazéns de munições, linhas de produção de armamento e quartéis das milícias do Hamas.

Os raides israelitas sucederam-se a intensos confrontos armados com forças islamitas na fronteira da Faixa de Gaza, dos quais resultou a controversa morte na sexta-feira de uma enfermeira palestiniana, de 21 anos, abatida a tiro quando socorria um ferido.

Desses confrontos, terão resultado ainda mais de uma centena de feridos, sublinham os meios de comunicação palestinianos.

Outras fontes • IDF

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares no funeral da enfermeira palestiniana morta na Faixa de Gaza

Flotilha a caminho de Gaza

União Europeia quer travar mortes em Gaza