Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Partido anti-imigração vence na Eslovénia

Janez Jansa, líder do SDS
Janez Jansa, líder do SDS -
Direitos de autor
REUTERS/Borut Zivulovic
Tamanho do texto Aa Aa

A direita volta a ganhar terreno na Eslovénia. O Partido Democrático do antigo primeiro-ministro Janez Jansa foi o mais votado. Uma campanha assente num discurso contra a imigração valeu 25 por cento dos votos.

No discursos de vitória, Jansa acenou a bandeira da cooperação. "O Partido Democrático da Eslovénia está disponível para cooperar. Os próximos tempos precisam de cooperação. A nossa porta está aberta no que diz respeito ao diálogo como tem sido sempre que o partido foi chamado a formar governo," afirmou.

O líder do segundo partido mais votado já respondeu: "Saúdo o vencedor e desejo-lhe sorte na constituição do governo. Apesar disso, vamos-nos manter fiéis ao que dissemos durante a campanha: não vamos fazer parte de qualquer governo com o SDS," disse Marjan Sarecs, da Lista Marjan Sarecs.

Não está afastado um cenário de novas eleições. Para já, o único partido a aceitar trabalhar com o SDS é a Nova Eslovénia, também de centro-direita, mas que teve apenas 7,1 % dos votos - longe de uma maioria consistente que faça aprovar um programa de governo.