EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Itália: Governo de Giuseppe Conte apresentado no senado

Itália: Governo de Giuseppe Conte apresentado no senado
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O novo governo de Itália apresentou esta terça-feira o seu programa perante os senadores. Antes de começar a governar tem ainda que passar pelo parlamento. A moção de confiança pedida por Conte não deve ter dificuldade em ser aprovada. A coligação conta com maioria nas duas câmaras.

PUBLICIDADE

O novo governo italiano passa esta terça-feira pela aprovação do senado  Gisueppe Conte abriu assim o discurso de apresentação: "Venho perante vós, para pedir a vossa confiança não só na equipa do governo, mas também num projeto de mudança para Itália".

Depois, prosseguiu com as principais linhas da orientação política do executivo de coligação em matéria de finanças públicas, relações com a União Europeia, política externa e, claro, imigração: "Procuraremos com determinação superar o Regulamento de Dublin, a fim de obter o respeito efetivo do princípio da distribuição equitativa da responsabilidade de estabelecer um sistema automático de redistribuição obrigatória dos requerentes de asilo", disse, acrescentando que pretende "acabar com o negócio da imigração que cresce sob a capa de falsa solidariedade".

Quanto à política externa e segurança, afirmou: "Primeiro que tudo, pretendemos reafirmar a nossa convicta adesão à NATO. Apoiaremos a abertura à Rússia. Vamos pressionar por uma revisão do sistema de sanções, começando com aquelas que se arriscam a humilhar a sociedade civil russa."

A coligação formada pela Lega e pelo Movimento Cinco Estrelas - assumidamente anti-sistema - pede uma moção de confiança. Hoje apresentou-se no senado; esta quarta-feira passa pelo parlamento. O autodenominado "governo da mudança" goza de maioria nas duas câmaras.

Partilhe esta notíciaComentários