CEO da Audi é suspeito no caso Dieselgate

CEO da Audi é suspeito no caso Dieselgate
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As autoridades alemãs realizaram buscas na casa de Rupert Stadler e de outro membro executivo da construtora alemã, cuja identidade ainda não foi revelada.

PUBLICIDADE

O CEO da Audi é o novo suspeito no caso Dieselgate. As autoridades alemãs realizaram buscas na casa de Rupert Stadler e de outro membro executivo da construtora alemã, cuja identidade ainda não foi revelada.

Ambos estão agora acusados de fraude e falsificação de documentos.

Segundo a Bloomberg, os dois novos suspeitos foram implicados no processo através de vários engenheiros.

Os dois executivos juntam-se, assim, a uma lista de suspeitos já com 20 nomes.

Em setembro de 2015, as autoridades norte-americanas revelaram que a Audi tinha manipulado o dispositivo das emissões poluentes em veículos a diesel. A empresa admitiu depois a fraude.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Antigo diretor da Audi condenado a 21 meses de pena suspensa

Partido de Scholz quer ampliar classificação de vítimas da injustiça comunista na ex-RDA

Polícia alemã realiza buscas em propriedades dos ativistas do Last Generation