A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Tesla despede 9% dos trabalhadores

Tesla despede 9% dos trabalhadores
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Tesla vai despedir 9% dos seus 46 mil funcionários. A fabricante de carros elétricos justifica a decisão com a necessidade de reduzir custos e de se tornar lucrativa.

O CEO da empresa, Elon Musk, garantiu que no setor de produção não haverá despedimentos, pelo que a produção do Model 3 não está em causa.

A Tesla tem como objetivo alcançar um volume de produção de cinco mil carros deste modelo por semana até ao final do mês.

No ano passado, a Tesla já tinha despedido cerca de 500 funcionários.