Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Itália troca migrantes por investimento

Itália troca migrantes por investimento
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro italiano dos Negócios Estrangeiros esteve em Tripoli este fim de semana. Objetivo: reativar um "tratado de amizade" assinado em 2008 - ainda no tempo de Kadhafi - e que permite à Itália enviar migrantes para a Líbia em troca de milhões de euros de investimento.

Moavero Milanesi assume que quer os migrantes sejam travados antes de chegarem à Europa. "Para nós, a estabilidade e a paz na Líbia são elementos essenciais para o equilíbrio na região, no Mediterrâneo e, por isso mesmo, do nosso interesse direto - não só como Itália, mas como União Europeia," afirmou no final do encontro com o homólogo líbio.

O novo governo italiano tem feito bandeira política da recusa de entrada de migrantes que atravessam o Mediterrâneo. Na recente cimeira das migrações da União Europeia, votou ao lado da Hungria para que a miugração seja contida em bolsas, fora da Europa.

De acordo com as Nações Unidas, 1 em cada 6 migrantes que saem da Líbia para atravessar o mediterrâneo acaba por morrer.