EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

NATO reafirma apoio a Geórgia e Ucrânia na cimeira de Bruxelas

NATO reafirma apoio a Geórgia e Ucrânia na cimeira de Bruxelas
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Organização encoraja Kiev a prosseguir as reformas para unir-se à Aliança e afirmou a necessidade da Rússia retirar as suas tropas e o apoio aos militantes na Ucrânia. O secretário-geral da NATO, Jens Stottenberg, também realçou as reformas realizadas por Tbilissi.

PUBLICIDADE

Ao segundo dia de cimeira da NATO, marcada pelas tensões transatlânticas, o secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte, Jens Stoltenberg, sublinhou, em Bruxelas, o apoio da aliança militar à Geórgia e à Ucrânia.

"A Geórgia vai tornar-se um membro da NATO [...] Estamos impressionados com o progresso e reformas. Encorajamos que continuem," declarou o secretário-geral da NATO, Jens Stottenberg.

Sobre a Ucrânia, o Secretário realçou que a Organização encoraja Kiev a prosseguir as reformas para alcançar o seu objetivo de longo prazo - unir-se à Aliança. E afirmou a necessidade da Rússia retirar as suas tropas e o apoio aos militantes na Ucrânia

"A NATO está firme no apoio à soberania e integridade territorial da Ucrânia e condenamos de forma veemente a anexação ilegal da Crimeia pela Rússia. [...]," afirmou o secretário-geral da NATO.

Stottenberg também saudou a Ucrânia pela adoção de uma nova Lei sobre Segurança Nacional, que considera "a chave para estabelecer o controlo civil e a supervisão democrática sobre as forças armadas e os serviços de segurança”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ucrânia desfralda bandeira com quase 3 quilómetros

Merkel promete não esquecer integridade territorial da Geórgia

Zelenskyy assina acordo em Bruxelas antes de viajar para Lisboa esta terça-feira