Última hora

Última hora

Pussy Riot condenados a 15 dias de prisão

Em leitura:

Pussy Riot condenados a 15 dias de prisão

Pussy Riot condenados a 15 dias de prisão
@ Copyright :
REUTERS/Sergei Karpukhin
Tamanho do texto Aa Aa

15 dias de prisão e proibição de frequentarem eventos desportivos durante três anos. Sentença para os quatro elementos do grupo contestatário russo Pussy Riot, ditada por um Tribunal de Moscovo.

Em causa a invasão de campo durante a final do Mundial de futebol.

Os ativistas russos - três homens e uma mulher - foram acusados de "violar grosseiramente as regras do comportamento dos espetadores".

No minuto 53, este domingo, os quatro entraram brevemente no relvado antes de serem intercetados por assistentes, no jogo entre a França e a Croácia na final do Mundial de 2018.

Logo após a invasão, o grupo russo exigiu, nas redes sociais, a libertação de "todos os presos políticos".

A ação mais conhecida do grupo Pussy Riot remonta a fevereiro de 2012, quando vários membros cantaram uma canção contra o Presidente russo, Vladimir Putin, na catedral de Moscovo.