Angola assume a presidência da CPLP em 2020

Angola assume a presidência da CPLP em 2020
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Angola vai assumir a presidência da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa a partir de 2020. O fato anulou a pretensão de da Guiné Equatorial de assumir a presidência. Na XII Cimeira de chefes de Estado e de Governo da CPLP, Cabo Verde assumiu a presidência rotativa, sucedendo ao Brasil

PUBLICIDADE

Angola vai assumir a presidência rotativa da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), a partir de 2020.

Um fato que anulou a pretensão da Guiné Equatorial de assumir a presidência da CPLP.

O anúncio da decisão, por unanimidade, foi feito pelo Presidente de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca, durante a XII Cimeira de chefes de Estado e de Governo da CPLP, na ilha do Sal, Cabo Verde.

Na cimeira, Cabo Verde assumiu a presidência rotativa da comunidade por dois anos, sucedendo ao Brasil.

O Presidente português, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esperar que entre 2020 e 2022 a CPLP tenha uma presidência "africana forte" que dê continuidade à actual presidência de Cabo Verde.

Criada há 22 anos, a CPLP tem atualmente nove Estados-membros: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe, Timor-Leste e Guiné Equatorial - cuja adesão, em 2014, criou polémica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

São-tomense Brito Fernandes assume direção-geral da CPLP

Bancos impõem a clientes o levantamento exclusivo de kwanzas

"Bloco da latinha": este desfile de Carnaval ouve-se muito antes de se ver