Última hora

Companhias aéreas apresentam queixa contra França

Companhias aéreas apresentam queixa contra França
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Quatro companhias aéreas apresentaram queixa à Comissão Europeia contra França por proibir voos durante as greves dos controladores de tráfego aéreo.

O International Airlines Group, a Ryanair, a easyJet e a Wizz Air consideram que em causa está a “liberdade fundamental de viajar entre os estados membros não afetados pela greve”.

Em comunicado, as companhias aéreas garantem que não questionam o direito à paralisação mas afirmam que França está a infringir as leis da União Europeia, lembrando que no mês passado o senado francês afirmou que o país é responsável por 33% dos atrasos de voos na Europa.

Segundo o Organismo Europeu de Segurança na Navegação Aérea, até junho, mais de 16 mil voos foram adiados por causa das greves dos controladores e mais de dois milhões de passageiros foram afetados.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.