Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Peruanos exigem nas ruas fim da corrupção política e judicial no país

Protesto contra a corrupção em Lima, no Perú
Protesto contra a corrupção em Lima, no Perú -
Direitos de autor
REUTERS/MARIANA BAZO
Tamanho do texto Aa Aa

Só com tiros de aviso, gás lacrimogéneo e canhões de água a polícia travou a fúria dos manifestantes esta sexta-feira à noite, em Lima.

Fartos da corrupção no país, milhares de peruanos vieram pela terceira vez para as ruas das principais cidades exigir a criação de uma assembleia constituinte que reforme os pilares do Estado.

Protestos que começaram depois de serem divulgadas gravações de uma rede de corrupção e tráfico de influências que envolvia magistrados, políticos e empresários.

Nas gravações áudio divulgadas por uma televisão, vários juízes falam sobre troca de favores, discutem ajuda a condenados e garantem empregos para amigos.

A revolta popular é ainda mais forte, porque as pessoas tinham confiado no poder judicial para sancionar a classe política cujos líderes estão a ser investigados por terem recebido subornos da Odebrecht e de outras construtoras brasileiras.

O escândalo já levou à demissão do ministro da Justiça e de vários juízes e membros do Conselho Nacional da Magistratura, bem como à suspensão do chefe da Comissão Nacional de Eleições.