EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

A procissão dos caixões

Procissão em Santa Marta de Ribarteme, Galiza, com pessoas em caixões
Procissão em Santa Marta de Ribarteme, Galiza, com pessoas em caixões
Direitos de autor 
De  Ricardo Borges de Carvalho com ASSOCIATED PRESS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Milhares de pessoas participaram ontem na romaria de Santa Marta de Ribarteme, na Galiza, conhecida por alguns cristãos fazerem o percurso dentro de caixões. Os fiéis que passaram por experiências de quase morte agradecem a Santa Marta, figura bíblica invocada em causas impossíveis.

PUBLICIDADE

Estão vivos, mas vão dentro de caixões.

É assim a tradição na romaria de Santa Marta de Ribarteme, na Galiza.

Os cristãos que passaram por experiências de quase morte ou vêm pedir a cura para uma doença grave participam nesta procissão de agradecimento a Santa Marta, figura bíblica invocada em causas urgentes ou impossíveis.

A sacristã de Santa Marta de Ribartema, Marta Dominguez, explica que "Muitas pessoas vêm à romaria de Santa Marta para fazer ofertas, pedir ou agradecer à Santa mas o que é conhecido da procissão são os caixões com pessoas no interior. As pessoas oferecem-se para ir ali deitadas, mas também podem carregar o caixão fechado e vazio. É algo que atrai a atenção, mas é uma romaria".

A primeira referência histórica a esta romaria data de mil e 700. Na altura os peregrinos foram convidados a fazer donativos para a reparação da igreja.

Desde então, milhares de pessoas juntam-se todos os anos nesta aldeia galega para participar na procissão.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Partido Popular espanhol vence eleições na Galiza com maioria absoluta

Milhares protestam em Santiago de Compostela contra gestão da crise dos pellets na costa da Galiza

Galiza luta contra desastre ambiental