Última hora

Estados Unidos suspeitam que Pyongyang desenvolve novos mísseis

Estados Unidos suspeitam que Pyongyang desenvolve novos mísseis
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os serviços de informação dos Estados Unidos acreditam que a Coreia do Norte desenvolve novos mísseis no mesmo local em que conseguiu produzir um míssil balístico intercontinental, capaz de atingir a costa leste dos Estados Unidos.

A informação é avançada pelo Washington Post, diário da capital Federal norte-americana.

O Post refere que imagens obtidas via satélite permitiriam concluir o Governo de Kim Jong-un se encontra a trabalhar em pelo menos um míssil, em Sanumdong, região de Pyongyang.

A ser verdade, a informação dos serviços secretos dos Estados Unidos revela que a Coreia do Norte não interrompeu o programa de desenvolvimento de mísseis balísticos.

No final do mês de novembro do ano passado, Pyongyang lançou um míssil balístico intercontinental, o Hwasong-15, que voou cerca de 4,500 quilómetros, antes de cair no mar do Japão.

A notícia é divulgada semanas depois do encontro entre o presidente dos EUA, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em Singapura.

Donald Trump chegou mesmo a dizer, depois do encontro, que a Coreia do Norte já não constituia uma ameaça nuclear.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.