A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Migrantes de regresso à Líbia

Migrantes de regresso à Líbia
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

As Nações Unidas anunciaram esta terça-feira que uma operação de resgate de migrantes no Mediterrâneo pode ter violado a lei internacional.

Uma embarcação italiana teria resgatado mais de uma centena de migrantes que alegadamente se encontravam em águas internacionais devolvendo-os à Líbia, país de onde haviam partido.

Caso se confirme que a operação decorreu em águas internacionais, a embarcação italiana pode ter violado a lei marítima internacional que determina que pessoas resgatadas no mar não devem ser desembarcadas em locais onde as suas vidas possam estar em risco.

Tanto a União Europeia como as Nações Unidas consideram que a Líbia não é um país seguro.