EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Portugal é o terceiro país da UE com energia mais cara

Portugal é o terceiro país da UE com energia mais cara
Direitos de autor ESTELA SILVA/LUSA
Direitos de autor ESTELA SILVA/LUSA
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A eletricidade e gás para as famílias em Portugal são dos mais caros da Europa, informação que consta de um estudo do Eurostat

PUBLICIDADE

No país líder das renováveis e dos salários mais baixos... a eletricidade e o gás são dos mais caros da União Europeia. É o que diz o Eurostat sobre Portugal. De acordo com o centro de estatísticas europeu, as famílias portuguesas

são as terceiras que mais pagam de um total de 24 Estados analisados. Portugal apenas é ultrapassado por dois países em que o rendimento per capital é substancialmente maior: a Bélgica e a Dinamarca. Os búlgaros com a eletricidade mais barata pagam em media 10 cêntimos por quilowatt, os Portugueses 25, os Belgas 28.

Entre os campeões dos que também mais pagam, os Portugueses são os que mais desembolsam pelo gás. Aqui a diferença entre os que menos e mais pagam é inferior.. No entanto cantinho Europeu encurralado por Espanha é apenas ultrapassado pela Irlanda e pela... abastada Suécia.

Os dados agora conhecidos permitem, pela primeira vez, realizar uma comparação direta dos preços da eletricidade e do gás natural entre todos os países da UE. Na sequência de uma nova diretiva europeia sobre regulação, o Eurostat pode agora "calcular o preço médio ponderado" refletido no consumo das famílias, explica o gabinete estatístico.

As justificações para os preços elevados são diversas: Impostos, transporte, entre outros.

No entanto... O negócio da energia é rentável. Por exemplo, a EDP, Energias de Portugal viu os seus lucros crescerem 16% para mil cento e treze milhões de euros em 2017 face aos 961 milhões registados em 2016. Seis anos depois de ser privatizada, a empresa está na mira da China Three Gorges que pretende assumir o controlo maioritário.

O setor é estratégico. Ciente disso, está a Alemanha que na última semana agiu no sentido de evitar a aquisição chinesa de uma empresa de distribuição eletrica.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

França e Bélgica: Frio intenso pode desencadear cortes no fornecimento de eletricidade

Novo aeroporto em Alcochete vai chamar-se Luís de Camões e Alta Velocidade está a caminho

Chega acusa Presidente da República de "traição à pátria, coação e usurpação"