Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Apagão mergulha Atenas no caos

Apagão mergulha Atenas no caos
Direitos de autor
REUTERS/Alkis Konstantinidis
Tamanho do texto Aa Aa

Um corte de energia provocou o caos em Atenas, esta quarta-feira.

Os bombeiros da capital grega receberam mais de uma centena de chamadas para tirarem pessoas que ficaram presas dentro de elevadores.

O metro ficou paralisado em quase toda a cidade.

Com a urbe cheia de turistas, a capital da Grécia tornou-se num autêntico labirinto.

«Disseram-nos que o metro funciona com um sistema de gerador alternativo, por isso devia funcionar em caso de apagão, o que obviamente não é o caso e agora estamos presos. Colocar uma fita na entrada, não é uma maneira eficaz de dizer às pessoas qual é a situação e aquilo que podem esperar, desabafa o turista Serafim Markopoulos.

De acordo com a empresa fornecedora de energia, na origem do apagão esteve um problema num comutador numa subestação de eletricidade no leste de Atenas.

Na zona da Acrópole, os lojistas queixaram-se da falta de informações.

O empresário Ioannnis Papadogiorgakis conta que "todas as lojas ficaram sem eletricidade. Ninguém nos disse quando poderemos trabalhar novamente. Existem cafés e pastelarias com produtos que podem estragar-se. Estamos com problemas. Não há infraestruturas neste país. Existe um problema técnico, uma avaria e acabamos nesta situação confusa".

«O turismo é um dos setores que mais contribui para a economia grega. Mas em plena época alta, um corte de energia criou grandes problemas para os moradores, empresários e visitantes na capital grega", relata o jornalista da euronews Apostolos Staikos.