Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Crise de migrantes e refugiados: desembarque de vinte e nove menores em Itália

Crise de migrantes e refugiados: desembarque de vinte e nove menores em Itália
Tamanho do texto Aa Aa

Vinte e nove migrantes menores desembarcaram hoje em Itália, depois de fortes pressões do procurador-geral da província de Agrigento Lillo Firetto e de outros magistrados, na sequência de uma inspeção à embarcação onde a situação foi avaliada como crítica.

Presentes no local estiveram representantes da organização não governamental Save the Children e do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, bem como ambulâncias e forças policiais. Os migrantes foram levados para o centro de recepção, onde receberam cuidados médicos.

No entanto, a postura da Itália face à questão migratória continua incerta. O ministro italiano do Interior Matteo Salvini afirmou ontem que não daria autorização para o desembarque sem haver garantias por parte de outros estados-membros de que farão o mesmo.

A União Europeia foi também acusada de falta de solidariedade para com a Itália. A Comissão Europeia agendou uma reunião com representantes de 12 estados-membros para esta sexta-feira, dia 24 de Agosto, onde uma solução para este caso específico da Itália será debatida.

A comissão afirmou que negociações com dois estados-membros estão em curso, a identidade dos quais não foi revelada, e espera-se que na reunião de sexta-feira uma solução de longo-prazo, não só para este caso mas para a questão migratória em geral, possa ser encontrada.