A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Trolls" russos promoveram discórdia acerca das vacinas nos EUA

"Trolls" russos promoveram discórdia acerca das vacinas nos EUA
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

"Trolls" russos semearam a discórdia no debate sobre a segurança das vacinas nos Estados Unidos.

Num estudo publicado esta quinta-feira, um grupo de cientistas liderado pela Universidade George Washington, localizada na capital norte-americana, diz ter descoberto que os mesmos programas de "malware" e principalmente contas do Twitter usadas por "hackers" russos para interferir nas eleições nos Estados Unidos, em 2016, serviram para disseminar informações enganadoras com o objetivo de promover e reforçar as divisões entre os campos a favor e contra o uso das vacinas no território norte-americano.

Segundo os investigadores, vários dos "tweets" que semeavam a discórdia pertencem a contas que tinham sido identificadas pelo Congresso norte-americano como estando ligadas à polémica Internet Research Agency, também conhecida pelo nome de Glavset, uma organização russa de difusão de propaganda na internet - vulgarmente designada como "quinta de trolls" - com base em São Petersburgo.