Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Ryanair chega a acordo com pilotos italianos

Ryanair chega a acordo com pilotos italianos
Direitos de autor
Reuters
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O sindicato italiano admitiu, esta terça-feira, que a maioria dos seus pilotos aprovou o acordo de trabalho proposto pela Ryanair, acordo que a empresa elaborou para responder às exigências que os profissionais impuseram.

"É com muito agrado que acolhemos este primeiro CCT com os nossos pilotos italianos e esperamos poder encerrar em breve um acordo semelhante que cubra os nossos pilotos irlandeses", afirma o administrador Eddie Wilson, responsável pela setor laboral da empresa.

O compromisso feito com os pilotos italianos chega uma semana depois do acordo que a Ryanair fez com os pilotos "da casa", os irlandeses. Acordo que ainda não foi oficializado.

A Ryanair anunciou também, em comunicado, que está pronta a chegar a mais acordos com outros sindicatos.

"Convidámos os sindicatos que representam os nossos pilotos no Reino Unido, Alemanha e Espanha para reuniões nos próximos dias para que possamos negociar e poder chegar a acordos semelhantes para CCT nestes mercados tão relevantes para a Ryanair. Estes acordos revelam o progresso real que está a ser levado a cabo pela Ryanair nas negociações com os seus pilotos e respetivos sindicatos em vários mercados europeus", lê-se em comunicado.

A companhia aérea sofreu a maior greve de sempre, tanto de pilotos como de pessoal de cabine, durante o verão. As greves resultaram em centenas de voos cancelados em toda a Europa e, consequentemente, millhares de euros em prejuízos.