Última hora
This content is not available in your region

Incêndio em ferry na Grécia

De  Nara Madeira
Incêndio em ferry na Grécia
Tamanho do texto Aa Aa

Um ferry, que fazia a travessia entre o porto de Pireu, em Atenas, e a ilha de Creta, foi obrigado a regressar "à base", esta quarta-feira de manhã, depois de um incêndio no compartimento de estacionamento dos automóveis. A embarcação transportava 1016 pessoas, 875 passageiros e 141 tripulantes. Não há vítimas mortais ou feridos graves. Quem viveu a experiência não ganhou para o susto:

"A situação no navio era de caos, pensávamos que íamos sufocar com o fumo. Nem me lembro de nos vestirem os coletes salva-vidas, ou se devíamos abandonar o barco em botes. Não sabíamos o que estava a acontecer, limitámo-nos a rezar e conseguimos chegar aqui", explica Alexia Panagiotopoulou, uma passageira.

"Estávamos numa cabina, a dormir, quando bateram à porta e disseram-nos para irmos para o convés. Disseram que o fogo estava sob controlo, mas havia muito fumo", adianta Pannagiotis Zeregoulas, outro passageiro.

A guarda costeira está a investigar as causas do incidente no Eleftherios Venizelos que acontece no momento de pico do turismo na Grécia. Dezenas de ferrys fazem, diariamente, esta travessia carregados de visitantes.