EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Trump corta financiamento aos refugiados palestinianos

Trump corta financiamento aos refugiados palestinianos
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A decisão dos EUA de suspender o financiamento aos refugiados palestinianos é um "ataque flagrante", disse um porta-voz do presidente Mahmoud Abbas.

PUBLICIDADE

A decisão dos EUA de suspender o financiamento aos refugiados palestinianos é um "ataque flagrante", disse um porta-voz do presidente Mahmoud Abbas. Washington disse, na sexta-feira, que vai cortar todo o apoio à Agência das Nações Unidas de Assistência aos Refugiados da Palestina (UNRWA).

O porta-voz da agência Chris Gunness recorreu ao Twitter para expressar publicamente o desagrado face a esta decisão. Atualmente, os EUA financiam cerca de 30% das operações da UNRWA.

A agência fornece serviços, incluindo de saúde e de educação, a mais de 5 milhões de refugiados palestinianos em todo o Médio Oriente. O anúncio surge uma semana depois dos EUA terem anunciado a canalização de 200 milhões de dólares, para programas de ajuda na Cisjordânia e em Gaza.

A Alemanha já disse que vai aumentar as contribuições. A Jordânia, UE, Turquia, Japão e Suécia vão reunir-se na próxima Assembleia Geral da ONU para evitar a falta de financiamento.

Siga-nos no Instagram:

A atualidade da semana num minuto.

A post shared by Euronews Português (@euronews_portuguese) on

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Protestos contra fim do financiamento da agência para refugiados palestinianos da parte dos EUA

"A ordem tem de prevalecer", diz Biden sobre as detenções na Universidade da Califórnia

Polícia evacua acampamento de manifestantes pró-Palestina