Última hora

Última hora

O sistema tributário em França

Em leitura:

O sistema tributário em França

O sistema tributário em França
Tamanho do texto Aa Aa

A maior parte dos países europeus usa o sistema de retenção na fonte há décadas. As exceções são França, Suíça e Eslovénia.

Os trabalhadores franceses pagariam os impostos com base numa estimativa dos rendimentos do ano anterior.

As opções são pagar uma vez por ano, trimestralmente ou mensalmente durante 10 meses do ano. Segundo os últimos dados, 60% dos contribuintes preferem o pagamento mensal.

A mudança para a retenção na fonte foi ponderada por muitos Governos anteriores. Uma das razões por que ainda não foi implementada deve-se ao facto de em França serem tributadas as famílias e não os indivíduos.

Em 2016, o imposto sobre os rendimentos valeu 73 mil milhões de euros, pagos por 16,5 milhões de contribuintes.

Há dois anos, o rácio da receita fiscal em relação ao PIB em França foi o mais elevado entre os países da UE - 47,6% do PIB.

A retenção na fonte pode não afetar muito os contribuintes, mas é um grande desafio para as empresas.