Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Furacão Florence: Geórgia também decreta estado de urgência

Furacão Florence: Geórgia também decreta estado de urgência
Direitos de autor
REUTERS/Chris Keane
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No último dia de evacuações maciças antes da chegada do furacão Florence à costa leste dos Estados Unidos, a Geórgia juntou-se à Carolina do Sul, Carolina do Norte e Virginia, decretando também o estado de urgência nos 159 condados do seu território.

Perto de dois milhões de norte-americanos foram aconselhados a afastar-se das zonas costeiras até esta quinta-feira, quando se espera que o furação, de categoria 4 - a segunda mais alta na escala de Saffir-Simpson -, atinja o país com fortes chuvas e ventos de até 215 quilómetros por hora.

Através do Twitter, o presidente Donald Trump alertou: "É imperativo que todos sigam as ordens de evacuação locais. Este furacão é terrivelmente perigoso".

Mas nem todos parecem dispostos a deixar para trás casas e negócios, preferindo acumular mantimentos e proteger o melhor possível as residências e estabelecimentos para fazer face à intempérie.

O responsável da FEMA, a agência federal de gestão de situações de urgência, afirmou que o Florence vai ser "como uma direita de Mike Tyson na costa" das Carolinas.