Última hora

Última hora

Tribunal rejeita culto islâmico na Hagia Sophia de Istambul

Em leitura:

Tribunal rejeita culto islâmico na Hagia Sophia de Istambul

Tribunal rejeita culto islâmico na Hagia Sophia de Istambul
Tamanho do texto Aa Aa

O Tribunal Constitucional da Turquia rejeitou, esta quinta-feira, o pedido para abrir a Hagia Sophia, em Istambul, para o culto islâmico.

O tribunal alegou não ter competências, indicando que "não era a instância apropriada para permitir qualquer mudança", indeferindo assim o requerimento de uma associação para que o atual museu, que já foi uma basílica e, também, uma mesquita, acolhesse as orações islâmicas.

A associação alega que a proibição viola o direito à liberdade de expressão e consciência.

A Hagia Sophia foi transformada em museu na década de 30 do século passado pelos fundadores seculares da Turquia moderna.

A Hagia Sophia foi construída no século VI como basílica no Império Bizantino Cristão e foi a sede do Patriarcado de Constantinopla, o antigo nome da cidade de Istambul.