EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Chefe de campanha de Trump chega a acordo para declarar-se culpado

Chefe de campanha de Trump chega a acordo para declarar-se culpado
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Após a condenação por fraude fiscal, Paul Manafort aceitou declarar-se como culpado de conspiração e obstrução à Justiça no caso das interferências russas na eleição de Trump.

PUBLICIDADE

Depois de um ano a negar as acusações, o antigo chefe de campanha de Donald Trump aceitou declarar-se como culpado no caso das interferências russas nas eleições presidenciais americanas.

Paul Manafort chegou a acordo com a equipa do procurador Robert Mueller para reduzir a pena a que será sujeito, evitando assim ir a julgamento no final deste mês. Não se conhece o teor do acordo. Recorde-se que, desta vez, Manafort era acusado de conspiração contra os Estados Unidos e obstrução à Justiça.

Há três semanas foi também declarado culpado de fraude fiscal no âmbito doutro processo, não tendo ainda sido determinada a pena.

Mueller conduz uma investigação sobre as relações entre os membros da campanha presidencial republicana e o Kremlin com vista à eleição de Trump.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Robert de Niro chama "palhaço" a Donald Trump à porta do tribunal

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"