EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

A Euronews por dentro dos maiores exercícios militares de sempre na Rússia

A Euronews por dentro dos maiores exercícios militares de sempre na Rússia
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Acompanhamos as manobras desta sexta-feira dos Vostok2018 e mostramos-lhe o desembarque para a encenação de uma operação antissabotagem

PUBLICIDADE

A euronews acompanhou por dentro, esta sexta-feira, o quinto dia dos exercícios militares russos Vostok2018.

A nossa correspondente em Moscovo acompanhou as forças militares russas numa transposição marátima, a sul de Vladivostok,  para uma ofensiva terrestre.

Em cenário de guerra, pudemos assistir à encenação de uma operação antissabotagem, com a tomada de um campo militar e a destruição de seiscentos alvos.

"Acompanhámos o desembarque das forças de combate numa zona costeira do Mar do Japão, integrada nos Vostok2018, os maiores exercícios militares de sempre na Rússia e cujo objetivo é avaliar a capacidade de resposta russa perante um ataque", explicou-nos Galina Polonskaya.

A zona do exercício situa-se cerca de 100 quilómetros a sul de Vladivostok, no sudeste da Rússia, apenas a 30 quilómetros da China e a cerca de 70 da Coreia do Norte.

aproveitámos para falar no terreno com um dos altos responsáveis destes exercícios, o comodoro Mikhail Gudkov, que nos explicou que estas "manobras são realizadas em diversos teatros de operações militares, em zonas com diferenças climáticas e horárias."

"Estes exercícios envolvem diferentes ramos das forças armadas russas", acrescentou Gudkov.

Esta demonstração da força militar da Rússia começou na passada terça-feira (11 de setembro) e vai prolongar-se até segunda-feira (17 de setembro), envolvendo cerca de 300 mil homens, um milhar de meios aéreos e mais de 35 mil veículos militares terrestres.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

"Breves de Bruxelas": Exercício NATO em paralelo com jogos de guerra da Rússia

O maior exercício militar da Rússia desde a Guerra Fria

Putin substitui Shoigu porque quer Ministério da Defesa "aberto à inovação"